terça-feira, 25 de abril de 2017

Patinhos e a vida em equilíbrio...


Bom...começando pelas artes!
Já viram  patinho no palito, hehehe, pois é, ele é muito fofo!
Vi o molde neste Blog AQUI e esticando aqui e ali consegui fazer algo parecido...


Ele andou pelo jardim e ficou nos meus vasos, aqui dentro de casa!


Me disseram que estas casinhas ficaram com cara de natal... e é verdade!
Sintonizando pensamentos, cores e sentidos, trocando experiências e vivendo o momento, minha semana está se tornando uma descoberta...


Segundo a monja budista Pema:
"Quando não estamos presos a nossas esperanças e medos, criamos novas formas de olhar"
Dai entendi que diminuir as expectativas faz com que novas alternativas surjam e a vida fica mais leve.


As vezes, nos sentimos em uma encruzilhada. A cabeça vai para um lado, o coração vai para outro e o corpo toma uma terceira via.
E então ficamos com aquela sensação de que nos falta algo.
Para nos sentirmos fortes, é necessário que nossas atitudes e pensamentos tomem o mesmo caminho.
Difícil? Quase sempre...


Descobri que a harmonia de viver é encontrada quando pensamos com carinho em nós mesmos...e nos doamos sempre quando podemos nos doar...quando temos algo a mais para oferecer. 


Viver bem o quanto você pode, carregando uma bagagem leve e não carregar a bagagem que não lhe pertence!
Cuidar da sua saúde, alimentação, corpo e caprichos de seu dia a dia, faz com que você fique em harmonia com você mesma e possa oferecer o melhor para quem precisa de seus cuidados.
Pois se a torre que é você, cair...como vão ficar os moradores ao lado ou debaixo da torre...




E foi...
Espero que tenham gostado deste post, desta lembrança e desejo para todos que por aqui passam uma semana de muita luz e sabedoria!
Beijos!

CamomilaRosa

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Esta escrito...e que assim seja!


Inspirada em minha antiga revista Bons Fluidos de junho de 2000 e nos momentos que ando vivendo aqui e agora, resolvi colocar este post e estas palavras mais uma vez em minha vida.
Palavras escritas, palavras bordadas, palavras eternizadas...
Quer ver seus sonhos realizados?
Então, escreva!


Além de eternizar sentimentos, servem de lembretes dos nossos desejos mais profundos.
Preste atenção nas mensagens que a vida traz, pois, se está escrito...assim será!



A palavra falada sempre corre risco de se perder no tempo, de desintegrar no espaço e cair no esquecimento. Aquilo que está escrito, porém, é eternizado e ganha credibilidade.
Quando registradas no papel, mensagens podem ser lidas e relidas e, por conter significados nas entrelinhas, ganham sentido de acordo com a necessidade ou estado de espírito.




O poder da palavra escrita é imensurável...se tem um desejo, escreva-o!
Maktub...a máxima oriental, traduzida pela frase "se assim está escrito, assim será".
O desejo escrito, quando formulado em detalhes, entra em uma sintonia mágica que envolve espírito, corpo e mente.


Um texto lido no momento certo pode ser uma revelação, fortalecer a esperança, dar alento ou mostrar a decisão a ser tomada.
E o inconsciente escolhe as palavras que precisamos e escolhemos para o nosso dia a dia.
Se a palavra é a "casa do ser", segundo o filósofo alemão Martin Heidegger, é também a casa do "poder ser", ou seja, da realização.


Portanto, os sonhos devem ser escritos, descritos e repetidos para que não se percam no tempo, não desintegrem no espaço e não caiam no esquecimento.

Parte do texto da revista Bons Fluídos junho/2000


Então sonhe, deseje, escreva e leia sempre seus desejos...
Minhas palavras foram escolhidas e colocadas neste vidro...e logo de manhã, fecho meus olhos, abro a tampa e escolho uma palavra que será lembrada por mim durante todo o dia.


Desejo a todos meus amigos que por aqui passam e ficam, muita paz e boas energias sempre!
Beijos!!!

CamomilaRosa